10 estratégias de vendas para lucrar mais na Black Friday

10 estratégias de vendas para lucrar mais na Black Friday

A Black Friday está chegando e com ela vem a oportunidade para se destacar no mercado, aumentar o volume de vendas e atrair novos clientes

Aqui você confere as 10 melhores estratégias de vendas para o varejo aplicar durante a Black Friday. Agora você pode se inspirar e montar uma campanha que impacte o seu público e potencialize as vendas da sua empresa.

Vamos lá?

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Aumente seu lucro com essas 10 estratégias de vendas para o varejo

Estratégia #1: Dafiti

A Dafiti criou ofertas para cada dia da semana da Black Friday, separadas por cores: White Monday, Blue Tuesday, Red Wednesday, Yellow Thursday, Black Friday.

Na segunda-feira, a promoção era apenas dos produtos brancos; na terça, os azuis e assim sucessivamente.

Para divulgar, a empresa utilizou anúncios em canais na internet.

Resultado: aumento das vendas não só no dia de Black Friday, mas durante toda a semana.

Dica da Boavista: Antecedência é fundamental. Não deixe para planejar uma grande promoção de última hora. Reserve um momento para analisar os concorrentes e conferir as últimas novidades do mercado, além de, é claro, ouvir os seus clientes. Uma boa dica é anotar todas as suas inspirações e avaliar com a sua equipe qual a melhor promoção ou desconto para a data e de que forma ela pode ser feita.

 

Estratégia #2: Ricardo Eletro

A estratégia da Ricardo Eletro foi apostar em vídeos humorísticos brincando com a pronúncia do termo Black Friday, que levava aos clientes um pouco da essência da empresa.

Para divulgar, a empresa utilizou anúncios online e offline.

Resultado: o crescimento das vendas foi acima do esperado.

Dica da Boavista: É importante não criar promoções que não vão interessar o seu público, por isso conheça bem os seus clientes antes de fazer qualquer ação na sua empresa. Para isso, você deve sempre ouví-los e incentivá-los a falar sobre sua empresa, serviço ou produto e, também, sobre a concorrência, seja por meio de pesquisas online ou impressas na sua própria loja. Uma boa dica é oferecer algo em troca da resposta do cliente.

 

Estratégia #3: Netshoes

A Netshoes criou o termo Sport Friday para o dia de Black Friday, focando totalmente no seu segmento, e divulgou a data em canais online. Além disso, ofereceu desconto de até 70% e a personalização de produtos.

Resultado: as vendas dobraram para novos clientes e a empresa teve 60% a mais de tráfego em relação ao ano anterior. A procura pela personalização de produtos cresceu 214%.

Dica da Boavista: Vá além do preço. Aproveite esse momento não apenas para vender, mas também para destacar o que tem de melhor na sua empresa. Qual a sua especialidade? No que você é bom de verdade? Explore isso e use esta oportunidade para se lançar como autoridade no mercado. Experimente se diferenciar de diversas formas, você pode utilizar, por exemplo, cartão fidelidade, garantia extra gratuita, horário de atendimento estendido e mais. Seja criativo.

 

Estratégia #4: Mercado Livre

O Mercado Livre investiu em campanha totalmente online e conseguiu se posicionar como uma empresa que também consegue participar de eventos promocionais e oferecer bons preços, frete grátis e boas opções de parcelamento.

Resultado: no dia da Black Friday houve um aumento de 46% nas vendas em relação ao ano anterior.

Dica da Boavista: Não esqueça que a sua empresa não é a única participante da Black Friday. Por isso, se destacar nesta época não é só importante, é necessário. A dica é preparar a propaganda com antecedência, que pode ser tanto offline, na entrada da empresa, outdoors e anúncios impressos, ou online, nas redes sociais, por exemplo. Desta forma, fica mais fácil que seu cliente conheça as suas promoções e encontre sua empresa mais rápido.


 

Estratégia #5: Magazine Luiza

Durante a Black Friday, a Magazine Luiza anunciou caixas pretas com preços diferentes, entre R$29,90 e R$ 999,90. As pessoas compravam e só saberiam o que havia na caixa quando o produto chegasse em casa. O menor produto era uma Máquina de Café e o maior era uma TV 4K!

Resultado: A campanha causou frenesi nas redes sociais, os consumidores que recebiam as caixas eram desafiados a tirar fotos com seus produtos e, caso não gostassem, poderiam devolver em até 7 dias. No final das contas, ninguém devolveu e quem não conseguiu comprar ficou chateado ao ver o que quem comprou estava recebendo.

Dica da Boavista: Sempre que criar uma promoção, faça a seguinte pergunta: será que meu consumidor gosta dessa promoção o suficiente para comprar? É muito comum o dono da empresa gostar da promoção, mas não perguntar se o cliente gosta. Não pode ser 5% ou 10% em produtos que o consumidor não vê valor, tem que ser algo que o seu cliente veja como promoção real e que realmente faça a diferença. Então, atenção!

 

Estratégia #6: Chico Rei

A marca Chico Rei montou o “Aquecimento Chico Rei”, dando instruções sobre como facilitar as compras durante a data e aproveitar melhor as ofertas.

Resultado: A campanha não focou exclusivamente em preços e promoções, mas sim na experiência de compra do cliente durante essa data. A marca deu um passo à frente com criatividade e foco no consumidor.

Dica da Boavista: Aproveite essa data para ser criativo. Ainda que você não possa oferecer grandes descontos ou se igualar às grandes redes de varejo, então ofereça grandes serviços. Você pode destacar os seus diferenciais de outras formas, oferecendo, por exemplo, prazos de entregas menores, brindes para quem comprar nessa data ou ainda crédito facilitado.

 

Estratégia #7: Fast Shop

A Fast Shop lançou a Golden Friday e chamou a atenção por algo muito simples: preços ótimos!

A empresa se dispor a cobrir as ofertas dos concorrentes e promoveu descontos realmente significativos, alguns de até 50%. Além disso, a empresa lançou ofertas antecipadas para atrair os consumidores para o site e lojas físicas.

Resultado: o engajamento do público aumentou e contribuiu para o sucesso da campanha na data.Dica da Boavista: O bom preço é um dos componentes básicos para uma Black Friday, além disso o consumidor moderno preza pela transparência das empresas. Por isso, fique atento e pratique descontos bons, reais e com o máximo possível de informações. Isso satisfaz os clientes e evita reclamações.

 

Estratégia #8: Amazon

A Amazon apostou na venda de seus aparelhos próprios e, durante um fim de semana de promoção, teve seu melhor desempenho de todos os tempos, contabilizando milhões de dispositivos vendidos.

Resultado: A Amazon bateu o recorde de vendas da empresa e foi responsável por 35,7% das compras em todo o e-commerce nos Estados Unidos apenas focando em produtos próprios, sem nada novo.

Dica da Boavista: Essa data também pode ser interessante para liquidar os produtos que ainda não venderam. Você pode caprichar no desconto e zerar seu estoque. Para isso, trace estratégias de logística e certifique-se de conferir se há produtos o suficiente para seus clientes. Lembre-se que a venda não acaba assim que a compra for aprovada. Se algum problema acontecer, o cliente ficará insatisfeito e sua promoção pode não ter o resultado desejado.

 

Estratégia #9: eBay

Ao contrário da Amazon, o eBay apostou em um produto novo para a Black Friday: o hoverboard, um aparelho de transporte no qual é possível controlar com o movimento do próprio corpo. A estratégia foi tão bem sucedida que o volume de vendas chegou a ser de dois hoverboards por minuto.

Resultado: as vendas do eBay subiram 1,5% na Black Friday e 7% na Cyber Monday, em comparação ao ano anterior. Além disso, o eBay foi a empresa mais comentada nas redes sociais.

Dica da Boavista: Novidade também faz sucesso na Black Friday. Ainda mais se vier acompanhada de um bom preço e um excelente atendimento. Quando você une um super desconto com um super lançamento, ainda que a promoção acabe, os clientes ainda voltarão à sua loja. Por isso, não deixe a oportunidade de se destacar de lado, fidelize seus clientes e ofereça algo realmente vantajoso. Você não vai se arrepender.

 

Estratégia #10: McDonald’s, Burger King e KFC

A Black Friday também foi o momento para uma “briga” entre as marcas McDonald’s, Burger King e KFC.

O Burger King ofereceu em todos os seus combos um balde de batatas fritas no lugar da batata média mais a sua famosa maionese.

O McDonald’s foi na onda do concorrente e ofereceu um refil de batatas de graça quando comprassem uma batata média.

Já o KFC deu um balde de frango frito de graça para cada balde comprado.

Resultado: os consumidores ganharam em benefícios e opções e as empresas ganharam pelo volume de pessoas atrás das promoções!

Dica da Boavista: Que tal aproveitar a data para se aproximar cada vez mais dos clientes e valorizar o relacionamento com eles? Você pode dar descontos exclusivos para os consumidores que compraram com você. Eles se sentirão recompensados e, além disso, os seus novos clientes irão querer fazer parte desse grupo aproveitando as condições especiais também. No final, isso vai gerar valor para os clientes e também para a sua empresa.

De modo geral, é fundamental que a equipe de vendas tenha um conhecimento profundo do produto ou serviço fornecido pela empresa, sendo assim é necessário que as estratégias de marketing e as técnicas de vendas estejam bem definidos.

Lembre-se também que é muito importante utilizar as redes sociais para impactar potenciais clientes com a sua campanha.

Gostou do nosso artigo sobre estratégias para aumentar as vendas na Black Friday? Então assine a nossa newsletter para receber mais dos nossos conteúdos diretamente no seu e-mail.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *