Covid: Antecipação de recebíveis de cartão de crédito cresce

Antecipação de recebíveis de cartão de crédito aquece mercado na pandemia

A pandemia do novo coronavírus forçou o mundo a entrar em isolamento social, o que abalou a economia já no começo de 2020. Com vendas reduzidas e, em muitos casos interrompidas, empresas de todos os portes tiveram que buscar meios para superar a crise. Um deles é a antecipação de recebíveis de cartão de crédito.

Por trazer recursos para a empresa a curto prazo e com juros baixos, essa estratégia já era utilizada antes da covid-19.  Agora, no atual contexto, os bancos estão suspendendo linhas de crédito, aumentando juros e reduzindo prazos. Isso amplia as vantagens na busca pela antecipação daquilo que foi pago pelo cliente via cartão de crédito.

Afinal, o que é essa antecipação e por que ela pode ser interessante? Saiba mais neste artigo!

O que é a antecipação de recebíveis de cartão de crédito?

Como o nome já sugere, a antecipação de recebíveis é um instrumento utilizado por empresas para receber antecipadamente os valores referentes às parcelas realizadas pelos clientes em determinada compra feita por cartão de crédito, boleto ou cheque.

Ou seja, se um cliente fez uma compra em cinco parcelas, a loja receberia esse valor em cinco meses. No entanto, com a antecipação, ela pode solicitar à operadora o valor dessas parcelas, mediante cobrança de juros.

Com a retração das atividades econômicas, a diminuição do fluxo de caixa e a extinção de linhas de crédito, a antecipação se tornou a opção mais viável para driblar a crise.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS), foram liberados mais de R$ 62 bi em volume de crédito oriundos de antecipação para os segmentos de comércio e serviço em apenas dois meses. 

Um terço desse valor foi destinado a microempresas e microempreendedores individuais (MEI), grupos que têm maior dependência do fluxo de caixa e de empréstimos com taxas mais acessíveis.

Esse cenário foi propício para o crescimento de diversas fintechs, como a Antecipa, agora parte da XP Investimentos, e a TOTVS Antecipa. O objetivo dessas empresas é conduzir a antecipação, bem como oferecer uma melhor gestão desse processo de forma prática e segura.

Por que usar a antecipação de recebíveis durante a pandemia

Em qualquer cenário, realizar esse tipo de operação traz vantagens e desvantagens para o seu negócio. Entre as vantagens, está a cobrança de juros menores do que outras transações de obtenção de crédito. Já como desvantagem, podemos citar a quebra no fluxo de caixa, pois você já terá em mãos agora o que só teria no futuro.

No entanto, nesse momento delicado em que estamos vivendo, os prós e contras desse processo ficaram um pouco de lado, pois os gestores não podem deixar de cumprir com suas responsabilidades.

O dinheiro que vem da antecipação de recebíveis tem servido para quitar dívidas com fornecedores, cobrir operações com juros maiores que o usual, injetar capital de giro para manter a empresa de pé, investir em inovações essenciais e até mesmo evitar ou diminuir a demissão de funcionários.

Como fazer isso da melhor forma?

A antecipação de recebíveis é algo que demanda muita cautela. Isso porque, como você vai adiantar uma receita futura, se não houver planejamento e atenção aos números, sua empresa pode sofrer duras consequências.

Aqui apontamos três ações importantes na hora de considerar a antecipação de recebíveis.

1- Entenda o funcionamento do seu fluxo de caixa

Você precisa entender bem o seu fluxo de caixa para identificar quanto de recurso seria obtido em determinado período e se ele seria mais que suficiente para cumprir com suas obrigações.

Construir um fluxo de caixa projetado significa olhar com assertividade para o futuro, prever situações adversas e ter mais controle sobre suas finanças.

2- Calcule o total de juros a ser pago

Além disso, coloque na ponta do lápis o montante de juros que deverá pagar. Os valores variam de acordo com a operadora, a quantidade de parcelas antecipadas e o valor, o que exige cuidado ainda maior para não errar no cálculo e continuar no vermelho mesmo depois de já ter recebido o dinheiro.

3- Faça simulações

Como já dissemos, há empresas especializadas em realizar a antecipação de recebíveis de cartão de crédito. Portanto, vale a pena consultá-las para construir simulações de antecipação de recebíveis e não ter sustos adiante.

Uma opção é a ferramenta e-Extrato Card, da Boavista Tecnologia. Com ela, você pode fazer simulações de antecipação de recebíveis de cartão de crédito por meio da contabilização das parcelas do cartão de crédito de forma automatizada.

Nessa solução, você confere os melhores cenários com base em dados reais da sua empresa para adiantar esses valores, com indicações de prazos, taxas e montante arrecadado. Dessa forma, consegue tomar uma decisão mais consistente e assertiva para o seu negócio.

Além deste, temos muito mais conteúdo sobre o mercado financeiro a compartilhar. Assine nossa newsletter e participe da comunidade Boavista para receber materiais interessantes para você e o seu negócio!

Preencha o formulário abaixo e agende uma demonstração do e-Extrato Card!

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.