7 aprendizados de 2020 para os negócios

7 aprendizados de 2020 para os negócios

A pandemia mostrou para muitas empresas que as estratégias adotadas foram insuficientes para lidar com a crise, inclusive, levando muitas empresas à falência ou a perdas significativas.

Essa crise econômica fez as empresas terem que sair de suas zonas de conforto e buscar novas alternativas para continuar se desenvolvendo. Nesse cenário, os aprendizados de 2020 são extremamente importantes para vislumbrar o que está por vir.

Portanto, é cada vez mais importante nos aprofundarmos em estudos e, principalmente, experiências para aprendermos como superar algumas dificuldades.

Os aprendizados de 2020 mais impactantes para os negócios

2020 não foi um ano perdido, mas sim de aprendizados. Todas as mudanças que a pandemia trouxe geraram uma série de impactos na nossa vida e no nosso trabalho.

Isso significa que precisamos pensar no ano que passou como uma chave a ser virada para crescer e se reestruturar no ano de 2021. Pensando nisso, listamos sete aprendizados de 2020 vividos no decorrer de todo o ano e a sua importância.

#1 Planejamento adaptável

Para saber lidar com as mudanças ocorridas no último ano, foi preciso adotar um planejamento adaptável. Em nenhum momento isso significa dizer que não devemos nos planejar, mas precisamos sempre pensar em possíveis mudanças no percurso e, claro, no que planejamos a princípio.

Assim como não esperávamos um vírus que fosse parar o mundo em 2020, não podemos prever outros imprevistos, dos mais simples aos mais complexos. Por isso, o planejamento adaptável é uma maneira inteligente e sólida de pensar em como lidar com as situações, seja no âmbito macro ou micro.

Inclusive, aproveite esse momento de começo do ano para revisitar seu planejamento estratégico para 2021 e conferir os pontos em que ele está mais rígido, para que se torne o mais maleável possível, desde a execução das atividades às metas a serem atingidas.

Uma empresa que se planeja estrategicamente é uma empresa que se preocupa com o seu legado, com os seus funcionários e com os seus clientes.

#2 Mudança de mindset

Mudar o mindset é girar a chave da mente. Geralmente, as empresas trabalham em uma lógica muito burocratizada, que prevê muitos processos e etapas desnecessárias. Pensando na simplificação, por conseguinte, agilização dos trabalhos, é preciso acolher as tendências tecnológicas e de otimização de processos dentro da empresa.

A tecnologia já vem se destacando no mercado e fazendo com que empresas se destaquem cada vez mais, porém agora ela deixou de ser um diferencial e passou a ser um requisito básico, tanto para a ação das empresas, quanto para o planejamento e progressão das ideias.

Tal mudança significa também rever o modus operandi, ou seja, a forma como as atividades são realizadas por meio da inserção de uma cultura digital e de metodologias ágeis.

Isso não significa fazer as coisas de forma mais rápida, e sim adaptar-se melhor aos eventos adversos e continuar entregando um produto final de qualidade.

#3 Um olhar mais humano para o colaborador

Sempre foi, mas agora se destaca a necessidade de se ter um olhar mais empático em relação aos profissionais que estão atuando do seu lado. Um dos aprendizados de 2020 foi a percepção de que a saúde é um bem muito valioso e que precisa ser valorizado.

Além da saúde física, muito importante em tempos de pandemia, a saúde mental também precisa de cuidados. Segundo o Ministério da Saúde, 86% dos profissionais entrevistados que já sofrem com ansiedade pioraram seus quadros e 45% passaram a sofrer por transtorno de estresse pós-traumático. Esses dados apontam que problemas psíquicos foram potencializados nesse período conturbado.

Nesse cenário, entender o funcionário como ser humano é mostrar sua confiança no trabalho dele, e, com isso, fazer as mudanças, cada vez mais necessárias, de modo inteligente, integral e receptivo.

#4 A relação com o cliente

O distanciamento social e as dificuldades vividas em 2020 mostraram como é preciso estreitar os laços entre empresa e cliente. Essa relação é muito proveitosa para ambos os lados, e, em períodos difíceis, a ajuda pode ser mútua.

A presença da empresa em diferentes meios de comunicação pode aproximar o negócio do cliente. Essa aproximação é sempre bem-vinda, pois, além de fidelizá-lo, abre espaço para novos contratos e novas opções de ação.

Além disso, o contato com o cliente foi o que fez muitas empresas investirem no e-commerce e em outras estratégias durante a pandemia, como a adesão a deliverys ou mesmo às carteiras digitais. Ou seja, este é um dos aprendizados de 2020 que só tem a favorecer todos os lados do balcão.

#5 A possibilidade do trabalho remoto

Ainda pensando na qualidade de vida dos funcionários e na qualidade dos serviços e produtos, o trabalho remoto rendeu bons frutos e aprendizados para os negócios.

Muitas empresas, principalmente startups já trabalhavam com mais flexibilidade, porém, só durante a pandemia que muitas outras empresas perceberam que o funcionário em sua casa conseguia muito bem cumprir as suas funções. Além disso, a redução de gastos com locação e outros custos de um escritório foi notável.

Uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP) apontou que 70% das pessoas entrevistadas gostariam de continuar trabalhando de casa, mesmo após a pandemia acabar.

É claro que há prós e contras nesse modelo e que cada pessoa/empresa tem sua realidade e necessidade, mas um dos aprendizados de 2020 que fica é a certeza da adaptabilidade.

#6 O poder do marketing e das estratégias flexíveis

A divulgação de um produto ou serviço é o que faz uma empresa alcançar maiores públicos. A relevância das estratégias de marketing é tão grande, que, em meio à pandemia, muitas empresas conseguiram crescer o seu número de vendas por meio de propagandas e outras estratégias no universo digital.

Assim como a tecnologia, o marketing é essencial para que o bom trabalho realizado por um negócio tenha seu campo de atuação ampliado.

Em 2020, foi preciso pensar no cliente para podermos inspirá-los e torná-los interessados em nossos serviços. Afinal, a crise não estava só nas empresas, mas também nos clientes.

#7 Tecnologia: o futuro é agora

Em todas as etapas da vida, nós estamos repletos de informações e inovações. Agora é o momento de deixarmos para trás a história de que a tecnologia é algo do futuro, ela já está entre nós, portanto precisamos utilizá-la para crescermos com a sociedade.

O ano de 2020 demonstrou que a tecnologia pode fazer sim parte da vida financeira das pessoas. Quem ratificou isso foi o boom das compras on-line e o advento de novas tecnologias no universo dos meios de pagamentos, a exemplo do Pix.

Além disso, vale também citar que a tecnologia se mostrou, mais do que nunca, ser uma importante aliada nos processos internos de uma empresa, como a conciliação financeira, que pode ser feita de maneira automatizada, sem uso de planilhas ou papeladas.

Em resumo, pôr os aprendizados de 2020 na prática durante o ano de 2021 é a melhor receita para o sucesso.

Além disso, você pode potencializar seus conhecimentos por meio de conteúdos bastante ricos, que podem levar sua empresa a outro patamar. Confira nosso Kit Melhores Conteúdos 2020 e tenha acesso gratuito a diversos materiais relevantes para seu negócio.

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *