5 tendências para supermercados em 2020

5 tendências para supermercados em 2020

Diante de uma concorrência cada vez mais agressiva e de clientes que estão mudando completamente os padrões de consumo é preciso que as empresas se atualizem constantemente para acompanhar o grande fluxo de mudanças.

Desta forma as grandes redes estão investido cada vez mais em estudos de tendências para supermercados com o objetivo de antecipar as mudas e se adequar o mais rápido possível às novas expectativas dos consumidores.

Quer saber mais sobre o assunto? Separamos cinco tendências que vão revolucionar os supermercados no anos de 2020. Continue lendo para saber mais.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Principais tendências para supermercados em 2020

1. Lojas conceito

As lojas conceito vieram para fazer a diferença em diversos segmentos e recentemente chegaram para mudar a estrutura que conhecemos dos supermercados.

Mas o que seria uma loja conceito? Então, essas lojas tem como propósito diferenciar ao máximo o seu ambiente com o objetivo de criar a melhor experiência de compra possível para os consumidores.

Essa nova proposta de negócio está tirando um pouco do foco dos produtos vendidos e destacando outros pontos que capturam os sentidos do público, seja a visão por meio de uma iluminação menos agressiva aos olhos ou o olfato por meio de um cheiro característico e único, por exemplo.

Sendo assim, os clientes passam a gostar mais do seu espaço físico e começam a frequentar mais porque gostam da sua loja, e não apenas quando existe a necessidade de comprar algo.

Grupo Pão de Açúcar testa novo conceito de loja

Em setembro deste ano o Pão de Açúcar, famoso grupo de supermercados, mudou completamente o layout de uma loja e incorporou novas funcionalidades com foco total na melhoria da experiência do cliente.

Além de duplicar a área de hortifruti, foi disponibilizada a oportunidade do consumidor colher o seu próprio alface na hora da compra, deixando o alimento mais fresco e oferecendo ao cliente um produto mais personalizado.

A estrutura da loja também foi alterada, a gigantesca fileira de caixas foi diminuída e adicionaram vários self-checkouts, máquinas onde o cliente passa as suas compras sozinho e faz pagamento através de cartões de crédito ou débito. Desta forma fazer compras fica muito mais ágil, ação necessária diante da rotina corrida que temos atualmente.

Perceba que as mudanças aplicadas foram feitas de acordo com as novas necessidades de compra dos consumidores, que são descobertas através de grandes pesquisas de mercado e muito estudo de comportamento de compra. Por isso é importante que você conheça o seu público para oferecer o melhor serviço possível.

 

2. Alimentos orgânicos

Há algum tempo movimentos como veganismo e o estilo de vida saudável vem ganhando mais adeptos e consequentemente mais espaço no mercado.

Esse segmento de mercado é muito forte atualmente e por isso a demanda por alimentos mais saudáveis e naturais está crescendo cada vez e com isso os alimentos orgânicos ganham um foco como nunca visto antes.

Outro ponto que fortalece a busca pelos orgânicos é a polêmica em torno da grande quantidade de agrotóxicos utilizados nas grandes produções. O acesso a informação está  deixando o público mais consciente em relação aos malefícios dos químicos e descobre os orgânicos como uma alternativa saudável, mesmo que mais cara.

Entretanto, é importante ressaltar que para um alimento ser considerado orgânico não basta apenas que no seu cultivo não sejam utilizados agrotóxicos. É importante também que não exista nenhuma poluição do solo ou desperdício de água, além de oferecer condições de trabalho justas. 

 

3. Tecnologia e Inovação

É interessante pensar que poucas décadas atrás muito se especulava sobre invenções e tecnologia do futuro como algo muito distante e fantasioso. No entanto a revolução tecnológica provou que muitas dessas fantasias são realidades possíveis.

Quando trazemos essas tecnologias para dentro dos supermercados muitas atividades passam a ser automatizadas e otimizadas. Poderíamos falar de robôs que fazem a reposição automática de produtos ou carrinhos de supermercado que seguem os consumidores sem a necessidade de alguém empurrar, mas existem outras formas de inovar em supermercados que são mais acessíveis.

Os QR Codes, por exemplo, são uma tecnologia bastante prática e estão sendo usados para mostrar as principais informações nutricionais do produto de forma mais claro do que nos rótulos, esse efeito também torna as informações mais acessíveis fazendo com que pessoas que tenham problema de visão possam ouvir as informações via aplicativos.

Outra tendência na área de tecnologia para supermercados são os self-checkouts que caíram no gosto dos consumidores. Essas máquinas permitem que os consumidores possam efetuar as compras e pagar pelos produtos sozinhos, tornando a ação da compra mais ágil e dinâmica.


 

4. E-commerce e Mobile

A Internet veio para revolucionar todo o comportamento social da população e claro que esse efeito também impacta nos padrões de consumo. A presença digital é algo extremamente necessário para que as empresas encontrem seu públicos atualmente.

Por isso que cada vez mais os grandes supermercados estão preocupadas com um e-commerce bem estruturado e se fazendo presentes em aplicativos de entrega, como o Rappi por exemplo. As pessoas estão cada vez mais atarefadas e com rotinas mais aceleradas e as compras em plataformas digitais são saídas práticas para que se tenha acesso a produtos sem que seja preciso de deslocar para o estabelecimento físico.

Da mesma forma, existem também um investimento massivo em aplicativos próprios que oferecem descontos diferenciados e programas de fidelização exclusivos para quem tem o aplicativo no celular. Essa ação além de servir como um reforço de marca, faz com que o estabelecimento se torne muito mais presente na vida do usuário, já que hoje os celulares são extremamente importantes nas nossas vidas.

 

5. Sistemas de automação

Os avanços tecnológicos estão possibilitando que cada vez mais sistemas de automação fiquem mais completos e práticos, automatizando processos e tornando a rotina mais dinâmica. São ferramentas que se provaram indispensáveis para a gestão dos negócios

E quando falamos de gestão financeira em supermercados estamos falando de diversos processos vitais para a estabilidade da empresa. Cada vez mais estamos usando cartões de crédito para fazer compras e com o alto volume de vendas que acontecem diariamente em um supermercado se torna impossível fazer a conciliação de cartões.

Quando não se faz a conciliação diversas ações podem passar despercebidas como vendas duplicadas, tarifas a mais sendo cobradas, contestações e cancelamentos de compra. E assim as empresas vão perdendo dinheiro e nem se dão de conta.

Quer saber mais sobre como um sistema de conciliação de cartões para supermercados ajuda o seu negócio a recuperar dinheiro e melhora a sua saúde financeira? Então preencha o formulário abaixo e um dos nossos especialistas entrará em contato com você.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *