BI Financeiro: como usar inteligência de dados nas finanças

Bi Financeiro: a importância da inteligência de dados para a área financeira

Gestores Financeiros precisam tomar decisões importantes, mas muita vezes fazem isso com base na sua intuição e não em dados reais. Contar com um BI Financeiro garante que essas decisões sejam realmente seguras e impliquem positivamente no negócio.

Por isso, confira a seguir a importância do Business Intelligence para o setor financeiro e como utilizar o BI para tomar as melhores decisões.


O que é Business Intelligence?

O Business Intelligence, ou Inteligência de Negócios, se trata do uso de metodologias e da coleta de dados, organização, análise e monitoramento, transformando dados brutos em informação útil para tomar as melhores decisões e saber se os investimentos que foram feitos na empresa realmente trouxeram resultados expressivos.

Apesar do que muitos gestores financeiros pensam, o BI Financeiro não é um software, mas sim um conjunto de processos com o objetivo de entregar a informação correta para potencializar as estratégias financeiras.

Embora não seja uma ferramenta, o BI depende de sistemas para otimizar a análise dos dados financeiros, mantê-los seguros e com uma visualização mais compreensível.

Essa metodologia é baseada em três grandes pilares:

  • Coleta de dados: tudo o que acontece na empresa é analisado e todos esses dados brutos são agrupados para determinar aspectos como obstáculos ou oportunidades, por exemplo;
  • Organização e análise: todas essas informações coletadas devem ser organizadas e apresentadas de forma mais visual, facilitando as tomadas de decisões;
  • Ação e monitoramento: com base nas informações organizadas e analisadas, é fácil monitorar os resultados e se certificar de que as finanças estão indo bem.

Por que o BI Financeiro é importante para o setor?

Proporciona uma gestão eficaz das informações financeiras

É comum que grandes empresas tenham problemas em gerenciar a enorme quantidade de informações que circulam no fluxo financeiro, de forma que seja possível organizá-las e torná-las uma fonte de esclarecimento.

O que, geralmente, acontece é que haja muita confusão ou frustração por conta de dados desorganizados ou por falta de processos pouco estruturados.

Através de um software BI é fácil gerar dados e informações sobre os processos.

Desta maneira, todos os dados mais relevantes para o futuro financeiro estão organizados de forma centralizada e aparecem mais facilmente para gestor financeiros, facilitando a tomada de decisão em todos os níveis.

Fortalecimento dos processos da empresa

Com uma gestão eficaz das informações financeiras, consequentemente os processos financeiros são potencializados.

Empresas que utilizam do Business Intelligence conseguem manter dados estruturados e, principalmente, encontrá-los de forma mais rápida e direta.

Isso faz muita diferença, pois reflete na projeção dos dados e na tomada de decisões financeiras.

Consegue reconhecer erros ou falhas nos processos financeiros

Se você não consegue identificar facilmente erros nos seus processos financeiros ou sequer consegue encontrá-los, provavelmente existe uma falha nos métodos aplicados na sua gestão.

É fundamental saber quais são os gargalos da empresa para impedir que eles se tornem problemas realmente graves para a saúde financeira do negócio, ameaçando as projeções financeiras e até mesmo o futuro do negócio.

Através do Business Intelligence é possível encontrar as falhas existentes no financeiro, seja com relação ao caixa da empresa ou mesmo ao desempenho do negócio ou dos colaboradores, e, desta forma, tomar as medidas necessárias para resolver todos os problemas que podem afetar negativamente as decisões financeiras e o negócio como um todo.

Identifica melhores oportunidades de crescimento com BI Financeiro

Faz parte da rotina de gestores financeiros estar atento aos dados e aplicar as melhores e mais estratégicas decisões em prol do crescimento da empresa como um todo.

No entanto, contar com diversas atividades manuais, como produzir relatórios, gerar estatísticas e passar horas em frente a planilhas de Excel, fortalece a demora na identificação de oportunidades, ocasionando uma tomada de decisão tardia ou mesmo uma enfraquecimento das estratégias financeiras.

Com os insights de um BI, fica mais fácil encontrar pontos de ruptura, identificar oportunidades de crescimento e se concentrar neles para aplicar as melhores decisões estrategicamente.

Principais vantagens do BI Financeiro para Gestores Financeiros

Contar com uma solução de Business Intelligence no setor financeiro garante dados mais seguros, consistentes e estruturados para Gestores Financeiros atuarem de forma muito mais estratégica, graças às análises e relatórios gerados automaticamente.

Isso significa que o setor financeiro pode deixar um pouco de lado as atividades operacionais e manuais e exercer um papel mais estratégico e focado no crescimento empresarial.

Além disso, o BI Financeiro proporciona outras vantagens aos Gestores Financeiros:

  • Rapidez e melhora no processo de tomada de decisão, pois gestores começam a gastar menos tempo produzindo relatório e mais tempo analisando indicadores financeiros e desempenho, agindo positivamente para corrigir e evitar problemas;
  • Otimização dos processos internos, pois começam a gastar menos tempo coletando dados e mais analisando esses dados e outros cenários financeiros. Isso possibilita que os gestores possam tomar as melhores decisões sobre investimentos, por exemplo;
  • Geração de receita e ganho de vantagem competitiva, já que o gestor pode ter tempo para entender a rentabilidade do negócio, de maneira geral, e tomar decisões importantes com confianças utilizando dados reais e seguros e não apenas a intuição;
  • Identificação de tendências de mercado, pois fica mais fácil se planejar melhor, inclusive a longo prazo. Isso garante um melhor entendimento de como o negócio está caminhando e aplicar decisões de acordo com as tendências.

Afinal, como começar a usar o BI financeiro?

Começar a utilizar o Business Intelligence no setor financeiro exige mais do que apenas escolher a ferramenta certa e não deve ser limitada a apenas um cargo na empresa.

É importante criar uma cultura de dados e encorajar todos os profissionais a utilizar informações financeiras reais como base de suas decisões. Ou seja, é importante deixar a intuição de lado e incentivar todos os colaboradores a utilizar dados como base de tudo.

Além disso, é importante que os profissionais do setor financeiro não se acomodem apenas com informações óbvias em ferramentas, como aquelas nos dashboards. Mas sim sejam curiosos e busquem soluções fora da caixa.

Envolver todos nesse processo, torna a estratégia de Business Intelligence muito mais eficaz e funcional.

5 principais ferramentas de Business Intelligence

Microsoft Power BI

Através do Power BI os usuários podem visualizar os dados em fontes locais ou da nuvem, publicando seus relatórios na plataforma. A versão gratuita atende a usuários isolados, mas na versão paga facilita a análise colaborativa e proporciona que equipes possam controlar os acessos.

Qlik

No Qlik qualquer pessoa da empresa tem acesso a todos os dados, estando sujeita às políticas da empresa de governança de dados e pode associar dados a todos os demais para facilitar a busca por conexões. Além disso, possui uma ferramenta para analisar todos os dados em tempo real.

SAS Visual Analytics

Esta ferramenta desta as principais relações nos dados de forma automática. É possível escolher uma variável e mostrar quais elementos a influenciam como um todo, garante análises para extração de dados, geração automática de gráficos, mapeamento e preparação de dados de autoatendimento, além de funções de análises automatizadas.

Domo

Esta ferramenta é baseada em nuvem e consegue se adaptar às vários setores, inclusive o setor financeiro, possui uma interface móvel robusta e funções, incluindo CEOs, vendas, profissionais de BI e trabalhadores de TI.

Board

A Board combina três ferramentas: BI, análise preditiva e gerenciamento de desempenho. Além disso, oferece módulos para Finanças, com planejamento e consolidação, RH, Marketing, Cadeia de Suprimentos, Vendas e TI.

Um sistema BI é a mesma coisa que um Conciliador de Cartões?

Grandes empresas trabalham com a Conciliação de Cartões e sabem que um sistema conciliador, como o e-Extrato, por exemplo, permite coletar a analisar dados, realizar análises e gerar relatórios e gráficos. De forma geral, isso é Business Intelligence!

Embora ambos tenham o objetivo de apoiar as decisões dos Gestores Financeiros com base em dados reais e seguros, um Conciliador de Cartões permite uma análise mais concentrada e centrada no financeiro, enquanto o BI possui uma visão de forma mais macro.

Isso significa que contar com ambos os sistemas garante um fortalecimento superior da gestão financeira da empresa como um todo e a otimização das decisões em prol do futuro do negócio.

Para equipe financeira, o dado é primordial. Por isso, o BI permite ter relatórios financeiros estratégicos que podem garantir mais alinhamento e tomada de decisão assertiva em seus indicadores de desempenho.

Continue lendo sobre Gestão Financeira e confira um artigo sobre o futuro dos gestores no Brasil. Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *