6 dicas para diminuir as perdas financeiras na sua empresa

6 dicas eficientes para diminuir as perdas financeiras do seu negócio

Continue lendo e confira 6 dicas eficientes para diminuir as perdas financeiras na sua empresa, de uma vez por todas.

Cada dia que passa o comércio fica ainda mais competitivo, e, por esse motivo, as empresas buscam maneiras para reduzir os gastos e aumentar suas receitas. Umas das maiores preocupações diz respeito as perdas financeiras que ocorrem até mesmo nos períodos de grande movimentação de vendas.

Geralmente essas perdas são resultados de controles internos realizados de forma inapropriada e falta de uma gestão eficiente na área financeira das empresas, gerando risco tanto no atacado como no varejo.

É muito importante identificar os procedimentos falhos que trazem riscos e perdas financeiras, pois só assim o empreendedor conseguirá ganhar competitividade no mercado e ampliar a lucratividade da empresa, garantindo que esta dure por muito anos.

Confira a seguir 6 dicas eficientes para diminuir as perdas financeiras do seu negócio:

Dar prioridade ao assunto

É preciso manter a atenção na exata execução dos processos, cumprir e fazer com que as regras definidas sejam desempenhadas, estimulando os seus funcionários a fazerem o mesmo. Falar sobre o assunto nas reuniões de equipe, indagar a forma como as ações estão sendo realizadas e instalar um sistema eficaz para evitar as perdas financeiras são táticas que podem trazer resultados positivos no faturamento.

Reconhecer as falhas operacionais que produzem riscos

Alguns procedimentos no atacado e varejo são mais suscetíveis aos riscos e para manter o foco na prevenção das perdas financeiras, é essencial saber quais são os processos mais evidenciados, como a administração de verba dos fornecedores, apuração dos impostos, precificação dos produtos, dentre outros. A falha de execução nesses procedimentos corriqueiros podem causar perdas insanáveis para a empresa.

Estabelecer e acompanhar os pontos de controle

Identificadas as atividades que podem trazer maiores riscos, é fundamental definir como deverão ser realizados os acompanhamentos e monitoramentos. É interessante registar a quantidade de ocorrências por setor e o grau de risco que cada uma delas reflete para o negócio, de acordo com a capacidade de perda financeira.

Organizar atividades preventivas e corretivas

Ao apresentar quais são, a quantidade e onde  aconteceram as principais falhas da sua empresa é capaz de se criar um plano de ação para conter as consequências e regular os processos. Assim o empreendedor consegue prever os pontos que podem gerar a perda financeira e já praticar as medidas que evitam os erros.

Calcular o valor do risco financeiro

Para obter bons resultados na redução das perdas financeiras, envolver toda a equipe é muito importante. É plausível mostrar para todos a quantidade de dinheiro que se perde todo ano por causa de erros operacionais. Esse valor poderia ser aplicado no crescimento do negócio e em benefícios para os funcionários, como por exemplo, oferta de bolsas de estudos, aumento da participação dos lucros e resultados, etc.

Aderir um sistema automático de auditoria

A auditoria eletrônica é uma alternativa eficiente para diminuir os desperdícios de capital, pois permite que o dono da empresa consulte por e-mail um relatório de análise de risco enviado pelo próprio sistema, já identificando os erros, os setores envolvidos e a potencialidade de perdas. Além disso, pode realizar um controle de todos os pontos falhos através de um painel de monitoramento.

A utilização dessas informações trazem uma certa segurança quanto à ocorrência de perdas financeiras, mas é imprescindível alertar que, conforme o segmento e porte da empresa, devem ser adotados outros tipos de controles internos peculiares, reduzindo ainda mais os riscos.

Gostou do post? Então, leia também Vendas em cartão de crédito: 5 erros fatais e como evitá-los!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *