Gestão financeira para farmácias: 4 dicas infalíveis para alavancar os seus resultados - Blog da Boavista | Conciliação Financeira

Gestão financeira para farmácias: 4 dicas infalíveis para alavancar os seus resultados

Sabemos que manter a saúde da gestão financeira de um negócio não é fácil, sobretudo quando se trata de vários pontos de vendas. 

Como saber qual unidade está com os melhores números? Como administrar diferentes meios de pagamento? Esses questionamentos são constantes nos clientes que procuram a Boavista para solucionar os seus problemas quanto à conciliação financeira e bancária. 

Quando o segmento em que a empresa está inserida possui grandes possibilidades de crescimento e promete um aumento considerável no número de vendas, o controle da entrada e saída de dinheiro fica ainda mais difícil se a empresa não conta com excelentes estratégias de gestão financeira. 

O avanço da pandemia da Covid-19 fez com o que os brasileiros se preocupassem ainda mais com a saúde e o reforço da imunidade. Conforme os dados da  Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), no acumulado de janeiro a setembro de 2021, o varejo farmacêutico cresceu 17,39% em comparação ao mesmo período de 2020. 

Os medicamentos responderam por 68% do volume comercializado e somaram faturamento de 33,9 bilhões de reais — 17,84% mais do que janeiro a setembro de 2020.

Por isso, separamos para você 4 dicas infalíveis para garantir grandes resultados na gestão financeira para farmácias. Confira abaixo e boa leitura!

Gestão financeira para farmácias

#Acompanhe o fluxo de caixa

Fluxo de caixa é uma atividade básica para planejamento e controle do montante recebido e pago durante um determinado período de tempo. 

Realizar o cruzamento de dados com valores que entram e saem do caixa permitem que a empresa projete o futuro com mais segurança e tenha capital de giro para custear as operações, seja em relação à folha de pagamentos, fornecedores, impostos etc.

Para o acompanhamento assertivo, é preciso manter relatórios periódicos com os números apontados no fluxo de caixa, tais como:

  • Análise do saldo;
  • Registro diário de entradas e saídas de dinheiro;
  • Análise de investimentos e aplicação de recursos;
  • Análise de dívidas e negociação de pagamentos;
  • Avaliação das necessidades de operação de antecipação de recebíveis;
  • Projeção de pagamentos e recebimentos.

Usualmente, todo esse acompanhamento é realizado com a atualização periódica (geralmente diária) de planilhas. Apesar de aparentar ser um processo organizado, esse recurso apresenta erros pelo simples fato de ser preenchido manualmente. As fórmulas utilizadas não garantem que todos os dados acrescentados estão 100% corretos. 

Por isso, é importante contar com uma boa plataforma para a conciliação financeira automatizada. 

#Esteja atento ao ponto de equilíbrio contábil

A métrica do ponto de equilíbrio contábil aponta especificamente quanto a empresa precisa faturar para cobrir as despesas. Em termos gerais, ela indica o ponto em que a empresa não possui lucro, porém não possui despesas.

 Ou seja, o cálculo mostra quanto de receita o seu negócio precisa gerar para arcar com todas as despesas previstas, e a partir daí ter uma previsão de lucro. 

O ponto de equilíbrio contábil é calculado da seguinte forma: [custos + despesas fixas] / [margem de contribuição] = [ponto de equilíbrio contábil]. 

Podemos calcular o ponto de equilíbrio financeiro, pois ele leva em consideração o lucro esperado a ser gerado pela empresa.

O ponto de equilíbrio financeiro é calculado da seguinte forma: [custos + despesas fixas + lucro] / [margem de contribuição] = [ponto de equilíbrio financeiro].

#De olho no estoque 

A gestão de estoque é extremamente importante para manter o saldo positivo de uma rede de farmácias. Já pensou o cliente ir em busca de um medicamento comum e o produto está em falta no estabelecimento? Ou simplesmente ter vários produtos com giro baixo e cobertura alta por que foi comprado uma quantidade superior à que precisava no estoque?  

Ambas situações hipotéticas relatam problemas comuns quando não é feito uma gestão de estoque e trazem prejuízos ao caixa da empresa. A primeira traz prejuízos por perder clientes, enquanto a segunda trata-se de uma despesa acima da que estava prevista. 

Para que isso não aconteça, acompanhe:

  • Produtos com maior saída (alto giro);
  • Produtos com menor rotatividade no estoque (baixo giro);
  • Produtos com prazo de validade curto;
  • Produtos que podem ficar mais tempo no estoque (alta cobertura).

O setor farmacêutico precisa de um rigor maior no controle de estoque por vender produtos que estão ligados diretamente à nossa saúde. Por isso, fique atento às regras sanitárias definidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

#Tenha a tecnologia ao seu favor 

Acompanhar as métricas responsáveis por medir o desempenho de um negócio parece uma tarefa complicada. No entanto, tudo depende dos métodos que você utiliza! 

O processo realmente torna-se complicado se a marca ainda conta com procedimentos arcaicos para guiar a gestão financeira, tais como: o preenchimento manual de planilhas para o controle dos pontos de vendas, anotações em bloquinhos de papeis para o registro da retirada do numerário ou simplesmente não acompanha a entrada e a saída do dinheiro eletrônico. 

Contar com uma solução automatizada reduz e muito as chances de erros, otimiza o tempo, além de direcionar a atenção para o que realmente precisa.

Você concorda que é muito mais simples ter todas as informações estratégicas centralizadas em um único ambiente online, do que em vários documentos arquivados em pastas separadas da sua área de trabalho do computador?  

As soluções da Boavista Tecnologia descomplicam o seu financeiro ao:

  • Apontar inconsistências em vendas, taxas e repasses;
  • Controlar todas as maquininhas POS;
  • Permitir a integração com o seu ERP;
  • Ser homologada com mais de 170 operadoras;
  • Permitir a conciliação bancária de diferentes meios de pagamento;
  • Ter um time de especialistas para monitorar as informações de vendas e recebíveis.

Se você ainda não conta com uma plataforma reconhecida no mercado para guiar o seu financeiro na melhor direção, está na hora de repensar essa ideia! Converse com um de nossos especialistas e tenha ainda mais resultados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.