Planejamento orçamentário: o que é e como fazer?

É essencial tem um planejamento orçamentário bem definido e que realmente traga resultados para a sua empresa. Entenda como fazer!

Se você é CEO, diretor ou gestor financeiro de uma empresa, com certeza está ciente da importância de uma gestão orçamentária bem definida e planejada.

Mas você realmente conhece quais são as melhores estratégias para definir o orçamento e fazer um planejamento eficiente?

Se você ainda tem dúvida, esse artigo é ideal para você.

Continue lendo e descubra como fazer um planejamento orçamentário ideal para a sua empresa.

O que é o planejamento orçamentário?

Planejamento orçamentário é o planejamento futuro das entradas e saídas, investimentos e custos da sua empresa.

É como uma “contabilidade ao contrário”, já que a contabilidade se preocupa em registrar os custos e despesas que já aconteceram, enquanto o orçamento busca antecipar esses dados. O objetivo é que a empresa possa estar preparada.

É importante destacar que o planejamento orçamentário não deve ser baseado em achismos. Muito pelo contrário!

O planejamento orçamentário é um das melhores ferramentas para ajudar você a tomar as melhores decisões para a sua empresa e, por isso, deve ser embasada em dados e fatos para que as precisões sejam as mais precisas possíveis.

Para fazer isso, você pode se basear no seu planejamento estratégico, tático e operacional, convertendo eles em números e, tendo como base, o histórico dos anos anteriores.

Para que serve o planejamento orçamentário?

Fazer uma correta gestão orçamentária permite que a empresa tenha uma direção e saiba onde vai chegar.

Dessa forma, evita-se tomar decisões baseadas em achismos. Com o plano orçamentário, para qualquer solução adotada é feito um questionamento e uma análise antes de ser implementada.

Além disso, a empresa pode obter um melhor entendimento da situação econômica do negócio, sendo possível adotar os melhores passos e otimizar a gestão financeira.

O planejamento orçamentário deve ser revisitado com frequência para revisões e deve ser feito anualmente.

Como fazer um planejamento orçamentário passo a passo

O orçamento de uma empresa é, de forma geral, composto por:

  • Planejamento de Vendas;
  • Projeção de Deduções de Vendas;
  • Orçamento de Custos de Produção;
  • Orçamento de Gastos com Pessoal;
  • Orçamento de Despesas Operacionais;
  • Orçamento de Investimentos.

É importante destacar que cada empresa possui uma necessidade diferente, portanto, apesar de todos os itens acima serem importantes, pode ser que para a sua empresa uns sejam mais significativos do que outros.

Você deve entender bem o modelo de negócios da sua empresa e definir qual item acima você colocará um maior esforço. Lembre-se: preciso analisar bastante e buscar sempre o melhor caminho.

Com base nos seus orçamentos, você deve seguir o passo a passo a seguir para fazer o seu planejamento orçamentário de forma eficaz:

1. Faça um planejamento de Recursos Humanos para a sua empresa

O plano de RH é um processo que visa mapear ações que serão realizadas na área de recursos humanos em sintonia com o planejamento estratégico e orçamentário da organização.

Para elaborar esse planejamento, é importante responder à algumas perguntas:

  • o que é preciso para capacitar os colaboradores da minha empresa?
  • com quais recursos eu posso contar?
  • preciso admitir novos colaboradores em determinado período?
  • o que fazer para manter os melhores colaboradores na minha empresa?
  • quanto (ou o quê) isso irá custar?

2. Meça os indicadores financeiros da sua empresa

Os indicadores financeiros são muito importantes para que você possa mensurar os dados sobre as finanças do negócio.

Basicamente, esses indicadores informam qual o lucro das ações que são realizadas pela sua empresa.

Veja exemplos de indicadores para monitorar:

  • fluxo de caixa;
  • margem de contribuição;
  • regime de competência;
  • índice de liquidez.

E lembre-se: é muito importante levar em consideração todos os erros.

Afinal, é comum que surjam problemas, mas isso não é um sinal de fracasso. Muito pelo contrário, os erros são importantes para servir de exemplo e otimizar os seus processos.

3. Faça uma análise do porte da sua empresa

Na análise do porte da empresa, você deve saber se ela é micro, pequena, média ou de grande porte.

Além disso, é importante analisar o faturamento e saber o número de colaboradores da organização.

4. Entenda o estágio de maturidade do negócio

Entender qual o estágio de maturidade da sua empresa é importante para saber quais foram as experiências e conhecimentos adquiridos com o passar do tempo.

Você deve medir o nível de maturidade pela capacidade de converter esse conhecimento em soluções práticas que possam ser aplicadas na gestão e crescimento da empresa.

Existem quatro principais níveis da curva de maturidade de uma empresa, veja:

  • startups;
  • empresas emergentes;
  • empresas em expansão;
  • empresas maduras.

5. Revise o seu planejamento orçamentário

Lembre-se de, após criar o plano, revisá-lo antes de publicar.

Todos os pontos devem ser analisados para saber se, realmente, estão de acordo com a situação da empresa.

Quanto mais você pensar e analisar as suas ações, as chances do planejamento orçamentário ter resultados financeiros efetivos será muito maior.

Gostou deste artigo? Então, continue aprendendo e leia Como fazer um Estudo de Viabilidade Econômica na sua empresa. Boa leitura!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *