Vendas com cartão de crédito: 5 erros que podem falir a sua empresa

Vendas em cartão de crédito: 5 erros fatais e como evitá-los!

Acompanhar as vendas é uma atividade que requer atenção. Uma das etapas mais complexas, e que pode gerar diferença de valores, é a conferência das vendas em cartão. Mas, é possível ter melhores resultados, inclusive se acontecerem erros nas vendas com cartão de crédito.

Confira a seguir os 5 erros nas vendas com cartão de crédito:

1. Desconhecer as variações de taxas de operadoras

Diferentes bandeiras de cartão cobram taxas distintas, que incidem sobre o valor final de cada venda realizada. Desconhecer essa informação certamente causará problemas, com planejamentos equivocados, em que são esperados lucros maiores do que realmente são.

É fundamental que o departamento financeiro esteja sempre atento para as diferentes taxas cobradas, além de se manter atualizado quanto a possíveis alterações — isso evita projeções falhas.

Aproveite para ler também:

2. Não monitorar os chargebacks (contestações de compra)

Os clientes sempre podem contestar alguma venda e pedir o cancelamento, mesmo que nada errado tenha acontecido ou que a compra tenha sido realizada normalmente.

No entanto, infelizmente, ainda existem fraudes, causando chargebacks indevidos para as empresas.

Dessa forma, é fundamental registrar, monitorar e analisar qualquer solicitação de cancelamento que possa acontecer.

Além disso, a empresa deve buscar recursos de segurança para bloquear atividades suspeitas de compras.

Confira mais informações sobre chargeback:

3. Erros de lançamentos e compras não aprovadas

Entre o cliente e a empresa há a operadora de cartão, que, em alguns casos, pode simplesmente não lançar as compras realizadas na fatura, ou seja, não registrar. Isso pode acontecer por falhas no trabalho ou simplesmente por problemas de ordem tecnológica, como falta de conexão com a internet em determinados momentos do dia.

As compras não aprovadas também podem causar confusão, então a empresa deve estar atenta a esse ponto. Muitas vezes elas não são aprovadas, mas são registradas mesmo assim. Isso causa disparidade na informação, que não cruza com o registro prévio de vendas, ou seja, os valores não coincidem.

É importante ter um sistema automatizado que permita o monitoramento de todo esse processo de venda até o final, ou seja, até o recebimento dos valores em sua conta corrente, identificando divergências e possibilidades de perdas financeiras.

Confira mais informações sobre lançamento: 

4. Compras duplicadas

Neste caso, uma compra é registrada duas vezes pela operadora, gerando uma contabilidade equivocada. Quando isso acontece, geralmente há um período até que o cliente se dê conta que houve essa duplicação, então só depois ele fará o pedido de estorno.

Dessa forma, é importante que haja um controle mais rigoroso por parte da empresa, por meio da automatização. Isso evita contabilizar valores a mais, pois será possível cruzar mais facilmente registros de compras com lançamentos de valores idênticos, monitorando possíveis duplicidades e evitando desgaste com o portador do cartão.

Confira mais informações sobre duplicidade: 

5. Erros no controle de recebíveis

Quando a empresa trabalha com o procedimento manual ou com sistemas pouco modernos, sem recursos fáceis e inteligentes, são grandes as chances de acontecerem erros na contabilização de recebíveis durante a conciliação de cartão de crédito.

Esses problemas de vendas não computadas ou conferidas de maneira errada (por exemplo, lançamentos duplicados) podem causar grandes prejuízos.

Para fugir desses erros e ter maior eficiência nos processos de conferência, é importante automatizar a gestão e o controle dessas informações. Com uma solução inteligente, as empresas conseguem obter muitas vantagens.

Confira mais informações sobre controle de recebíveis:

Solução: automatizar a conciliação das vendas com cartão de crédito

A conciliação automática diminui prejuízos, aumenta os lucros, melhora a produtividade do setor financeiro e oferece informações precisas de grande valor à empresa. Especialmente na hora de tomar decisões, cuidar dos chargebacks e das inconsistências de tarifas, que podem gerar grandes prejuízos.

Quer saber sobre Conciliação de Cartões? Então continue lendo: Conciliação de cartões: Tudo que você precisa saber para se tornar um especialista no assunto

1 Comentário

  1. 13/04/2018 at 3:29 pm

    O cartão de crédito foi o responsável por atolar minha vida nas dívidas. É claro que a culpa é minha por ter se descontrolado, mas é uma arma nas mãos de quem não sabe usar. Hoje eu aprendi a lição e estou com a vida em dia, mas custou muito conseguir quitar.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *